quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias

Tarifação da energia solar provoca corrida para financiamento de placas fotovoltaicas

energia solar
Tags: Cooperativismo, crédito, tecnologia

No dia 6 de janeiro termina o prazo de isenção na taxa de distribuição de energia solar. O Marco Legal da Geração Distribuída, sancionado neste ano, estabelece regras para a produção da própria energia, como no caso da solar fotovoltaica. De acordo com a legislação, quem fizer a instalação de energia solar em até 6 de janeiro de 2023 será isento de encargos pelos próximos 23 anos. Passado esse período, será necessário pagar um pedágio sobre a energia que inserir na rede.

Autorização 

A geração distribuída já era autorizada por uma resolução da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), de 2012. Ao longo dos últimos dez anos, essa resolução abriu o caminho para o sistema, mas ainda faltava o marco legal para estruturar o segmento. Para saber se a busca dessa alternativa é viável, é preciso levar em conta o consumo de energia. Uma casa com gasto de aproximadamente 500kwt/mês, que significa uma conta de luz mensal de cerca de R$ 400, terá que investir algo em torno de R$ 20 mil para ter o sistema instalado e homologado. Considerando a despesa mensal com a conta de luz, o investimento vai se pagar em 4 anos.

Linhas de financiamento 

A boa notícia para quem quer migrar para a energia solar é que há no mercado muitas linhas de financiamento. A Uniprime do Brasil, cooperativa de crédito com 25 anos de mercado e reconhecida como a maior do país com foco na área da saúde, possui uma linha exclusiva para o investimento em energia sustentável como nos painéis solares que captam a luz do sol e a transformam em eletricidade, garantindo eficiência energética e redução no consumo de energia elétrica.

Outros itens

Além dos painéis fotovoltaicos, o crédito é cedido para outros itens como aquecedor solar, lâmpadas de LED, cisterna para captação de água da chuva e equipamentos para separar e reciclar resíduos, entre outras soluções sustentáveis. As vantagens são taxas diferenciadas, pagamento da primeira parcela em até 90 dias, financiamento em até 60 vezes e retorno de parte do valor movimentado na distribuição dos resultados anuais (sobras).

Benefícios

Os painéis fotovoltaicos reduzem a poluição, oferecem energia renovável, limpa e silenciosa, podem ser usados em áreas isoladas da rede elétrica e exigem baixa manutenção. “Além disso, trazem redução significativa de custos. O uso de energia solar permite uma diminuição de até 95% na conta de luz, pois após o prazo do financiamento, o valor mensal será o custo mínimo de acordo com cada padrão de conexão e valores das concessionárias, de R$ 20 a R$ 80, mais a iluminação pública. Alguns municípios dão até desconto no IPTU para quem faz a instalação dos painéis fotovoltaicos”, destaca Renata Cereja, gerente de negócios da cooperativa em Ivaiporã.

Propostas

Neste ano, foram aprovadas pela Uniprime do Brasil 259 propostas de investimento em energia fotovoltaica, totalizando cerca de R$ 20 milhões. Somente as propostas validadas pela agência Uniprime de Ivaiporã, cidade com 32 mil habitantes, totalizaram quase 8% desse montante, sendo o maior valor registrado por agência na cooperativa em 2022.

Aproximação – “Essa grande demanda ocorreu com a aproximação da nova legislação que entra em vigor em janeiro de 2023 e com o trabalho que realizamos para informar os cooperados. O benefício para quem instalar o sistema fotovoltaico até final deste ano é a isenção fiscal até 2045. Com a facilidade ao crédito, a parcela do financiamento fica similar à fatura de energia elétrica já paga”, destacou Renata.

Fonte: Sistema Ocepar

 

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna 197 - IAT conclui adequações na regulamentação da suinocultura
19/06/2024

Coluna Conexão Agro na UEL FM destaca a proposta de adequações na regulamentação da suinocultura no Paraná preparada pelo IAT e o novo Plano Safra, que será anunciado na próxima semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário