sexta-feira, 14 de junho de 2024

Milho

Inoculação biológica reduz custo e eleva produtividade do milho

Tags: adubação de cobertura, inoculação biológica, nitrogênio sintético, plantio de milho

Voltado para consumo humano, produção de proteína animal e com potencial crescente para a fabricação de etanol, a cultura do milho tem sido uma aposta dos produtores. Para esta safra de inverno, segundo dados da Conab, a área destinada para a produção do grão, por exemplo, cresceu 1,8% em relação a 2022, alcançando a marca de 21,7 milhões de hectares. Ao mesmo tempo em que aumentam as lavouras, cresce a necessidade de se realizar cultivos mais sustentáveis que podem ser alcançadas com o uso de tecnologias inovadoras, a exemplo do investimento em fertilizantes biológicos, já consagrados na soja, e que agora se expandem nos milharais.

A adoção da bactéria benéfica Azospirillum brasilense, por exemplo, pode ajudar não só a elevar o índice de produtividade, mas levar economia para o agricultor. Estudos da Embrapa Soja apontam uma redução de até 25% no uso de nitrogênio (N) sintético na cobertura com o uso de inoculantes biológicos à base desses microorganismos. “Os insumos biológicos podem ajudar e muito o produtor de milho a reduzir os custos de produção e elevar em até 10% os índices de produtividade”, explica Fernando Bonafé Sei, gerente de serviços técnicos da divisão agrícola da Novozymes.

Com base neste conceito, a empresa, líder mundial em soluções biológicas, tem focado em levar a tecnologia biológica para regiões produtoras de Norte a Sul do Brasil. A Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN) para milho é capaz de atender até 25% das necessidades de nitrogênio de uma planta de milho. “O valor ainda não é tão grande, mas acreditamos que a pesquisa possa nos ajudar a elevar o percentual e substituirmos cada vez mais os insumos sintéticos pelos biológicos”, destaca Fernando.

Além dos benefícios na produção, a adoção de microrganismos nas lavouras de milho reduz também a pegada de carbono, uma das principais exigências do mercado internacional. Segundo estudo da Embrapa Soja em área de milho, uma dose de 90 quilos por hectare (kg/ha) de N em cobertura, a redução de 25% do N implica uma mitigação de 236 kg/ha de equivalentes de CO2 (considerando a taxa de conversão de 1 kg de N = 10,5 kg de equivalentes de CO2). Em termos econômicos, considerando o preço médio da ureia no mercado brasileiro em julho de 2022, a economia foi calculada em cerca de R$ 260/ha.

“A adoção dos insumos biológicos em diferentes segmentos da agricultura brasileira veio para ficar e nós estamos nos preparando com tecnologias de ponta para atendê-las”, descreve o gerente da área técnica da Novozymes. A qualidade dos materiais, completa Fernando, é um item fundamental para a obtenção de bons resultados no processo de fixação biológica para milho.

Por causa disso, o cuidado tanto do fabricante dos fertilizantes biológicos, quanto na aplicação por parte do produtor precisam de cuidados especiais, principalmente no manejo. Manter o produto em local arejado e seco e não o expor diretamente à luz solar são algumas das recomendações para que o agricultor consiga retirar o melhor potencial do Azospirillum brasilense.

Sobre a Novozymes

A Novozymes é líder mundial em soluções biológicas. Juntamente com clientes, parceiros e a comunidade internacional, aprimoramos o desempenho industrial ao mesmo tempo em que preservamos os recursos do planeta e auxiliamos na construção de uma vida melhor. Como maior provedor mundial de tecnologias microbianas e de enzimas, nossa bioinovação permite maior produção agrícola, lavagem à baixa temperatura, produção energeticamente eficiente, combustível renovável e muitos outros benefícios com os quais contamos hoje e no futuro.

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna Conexão Agro Rádio UEL Sucessão Familiar - Conexão Agro
196 - Planejamento sucessório pode evitar disputas por herança
12/06/2024

Planejamento sucessório é estratégia crucial para prevenir disputas relacionadas à herança de propriedades rurais. Confira na Coluna Conexão Agro desta semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário