quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias

Empresa gaúcha espera processar 30 mil toneladas de uvas na safra 2023

Tags: produção, safra, uvas, vinho

Os meses de janeiro, fevereiro e março são marcados pela colheita da safra de uva na região Sul do País, prometendo movimentar uma das empresas referência na produção de sucos e vinhos. A Zanlorenzi, em uma de suas unidades localizada na Serra Gaúcha (RS), tem sua produção oriunda de 16 municípios da região. São cerca de 45 mil hectares cultivados para garantir a quantidade de insumos necessários para atender a demanda.

De acordo com Mateus Poggere, diretor industrial da fábrica, nesta colheita estão as uvas de mesa, uvas finas e híbridas. “As espécies de maior relevância são a Bordô e Isabel, Moscato Branco, Chardonnay e Niágara Branca, que dão origem aos nossos vinhos, sucos e espumantes”, comenta.

Cada variedade de uva possui um ciclo que impacta na colheita entre os meses da safra.  “Para que nossos produtos tenham qualidade e notas únicas, é preciso respeitar o ciclo das uvas. As espécies Bordô, Niágara e finas, usadas para espumante, por exemplo, têm um ciclo curto. Já as uvas Isabel têm um ciclo mais tardio, por isso, são colhidas posteriormente. A diferença entre os ciclos de maturação é de aproximadamente 30 dias”, explica o diretor industrial.

EXPECTATIVA

 

Para Mateus Poggere a colheita deste ano está alinhada ao cenário desenhado nos últimos meses pelo time técnico, que acompanha todo o ciclo de maturação e define previamente a capacidade de produção da safra, que se aproximará de 30 mil toneladas.

Em termos de volume, a safra deste ano terá uma pequena redução em comparação a 2022, por conta dos fatores climáticos que interferiram no ciclo da videira. “A ocorrência de chuvas no período de floração, somado ao frio tardio no Rio Grande do Sul, já indicavam uma diminuição na colheita, algo na casa dos 20%”. Entretanto, a qualidade das culturas será superior, já que, pela previsão de pouca chuva de agora até o final do ciclo, acreditamos que será uma safra de altos padrões de qualidade”, estima Mateus.

Com uma produção especializada, em sua unidade de processamento em São Marcos, na Serra Gaúcha, a Zanlorenzi tem capacidade de trituração de mais de 120 toneladas de insumos por hora, assegurando o melhor aproveitamento das culturas colhidas. “Depois de todo o processo de industrialização, com a safra deste ano, teremos acondicionado em mais de 200 tanques, aproximadamente, 25 milhões de litros entre vinhos, sucos e bases para espumante”, destaca Mateus.

AGRICULTURA FAMILIAR

 

Com o intuito de valorizar a economia local e a agricultura familiar, a Zanlorenzi atua em parceria com mais de 2 mil famílias da região da Serra Gaúcha que estão envolvidas na cadeia produtiva de seus produtos. “Essas famílias recebem mudas de uvas e acompanhamento técnico do plantio à colheita para auxiliá-los a desenvolverem seus negócios. Com isso, recebemos frutas da melhor qualidade e sabor e o meio ambiente ganha um processo produtivo mais leve e cuidadoso”, finaliza Mateus.

SOBRE A ZANLORENZI

 

Do campo para a mesa, seguindo as melhores práticas de produção, o que inclui máximo respeito às matérias-primas e ao produtor. Assim atua a Zanlorenzi desde sua fundação, em 1942, quando iniciou uma produção familiar de vinhos, em Campo Largo (PR).

Hoje a empresa possui uma das maiores estruturas de termovinificação do país, com capacidade para estocar até 30 milhões de litros e processar até 150 mil quilos de fruta por hora. Esta produção é realizada na base produtora em São Marcos (RS) e encaminhada para a mais moderna linha de envase da América Latina, localizada em Campo Largo, no Paraná, numa planta de 14 mil m², com capacidade de envasar 55 mil garrafas por hora, em um processo 100% automatizado.

Mesclando alta tecnologia e respeito às tradições, a Zanlorenzi apoia 2mil famílias agricultoras da região Sul, fornecendo auxílio técnico desde o plantio até a colheita, garantindo a qualidade das frutas e vegetais e incentivando a produção local. O portfólio de Zanlorenzi pode ser encontrado nos sites vemprocampo.com.br e zanlorenzi.com.br

 

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna 197 - IAT conclui adequações na regulamentação da suinocultura
19/06/2024

Coluna Conexão Agro na UEL FM destaca a proposta de adequações na regulamentação da suinocultura no Paraná preparada pelo IAT e o novo Plano Safra, que será anunciado na próxima semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário