sábado, 13 de julho de 2024

Carnes

Indicador de boi gordo opera em máxima nominal

Carne bovina
Tags: agroindustria, agronegócio, Cooperativismo, crédito

O Indicador do boi gordo CEPEA/B3 (estado de São Paulo) subiu com força ao longo de novembro – o avanço no acumulado do mês foi de 25,26% (ou de 65,2 Reais por arroba), fechando a R$ 322,40 no dia 30. Com isso, o Indicador não só recuperou as perdas verificadas nos meses anteriores como também atingiu um novo patamar máximo nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 1994.

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP), mesmo com os envios da carne à China ainda suspensos, os valores da arroba foram impulsionados pela retração na oferta de boi para abate. Do lado da demanda, parte dos frigoríficos elevou, ainda que pontualmente, as compras de novos lotes, no intuito de formar estoques para as vendas de final de ano – quando a procura por carne no atacado geralmente se aquece.

As cotações da carne de frango e do animal vivo recuaram no mês passado, devido à lentidão nas vendas da proteína nos mercados interno e externo, conforme indicam pesquisadores do Cepea. Quanto ao frango inteiro, agentes reduziram os valores de comercialização, no intuito de elevar a liquidez e evitar o aumento de estoques, especialmente neste período de proximidade das festas de final de ano, quando a procura por aves natalinas e carne suína cresce.
Para o frango vivo, de acordo com colaboradores do Cepea, a baixa liquidez da carne acabou limitando a procura por novos lotes de animais.

Fonte: Cepea-Esalq/USP

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

A selective focus shot of a green plant in the field
Coluna 198 - 73% das propriedades de soja no Brasil são de pequenos produtores
03/07/2024

Levantamento da Embrapa Soja, com base em dados do IBGE, de 2017, desmistifica a visão de que a soja é cultivada apenas por grandes produtores. Confira reportagem na coluna Conexão Agro.

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário