quinta-feira, 20 de junho de 2024

Crédito Rural

Ministro Fávaro articula com sistema bancário apoio a produtores rurais

Tags: Febraban, MAPA, Plano Safra, sustentabilidade

Prestes a lançar o Plano Safra 2023/2024, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) discutiu com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) formas de incentivos para que produtores rurais brasileiros que adotam boas práticas no agronegócio tenham benefício bancário. Uma das possibilidades debatidas em reunião na manhã de segunda-feira (23) em São Paulo foi o desconto na pontualidade do pagamento do crédito obtido.

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, os assessores especiais do ministro Carlos Ernesto Augustin e José Angelo Mazzillo, a chefe da assessoria especial de Comunicação do Mapa, Carla Madeira, e a superintendente de Agricultura e Pecuária no Estado de São Paulo, Andréa Moura, participaram da reunião. O presidente da Febraban, Isaac Sidney, disse que essa é a primeira vez que um ministro do Agricultura e Pecuária se reúne com os bancos para discutir Plano Safra e confirmou que o grupo se alinhará à proposta do governo federal no sentido de apoiar uma agropecuária mais sustentável.

De acordo com Fávaro, o Mapa deverá preparar uma resolução que viabilize a operacionalização do benefício pelo sistema bancário. As instituições privadas informaram que cada uma tem um perfil diferente direcionado ao agronegócio e que o modelo não poderá ser engessado para não dificultar as medidas de incentivo.

Fávaro afirmou que medidas estruturais poderão ser adotadas no ano que vem e que gostaria do apoio da Febraban já para o lançamento do próximo Plano Safra, que deve ocorrer nas próximas semanas. “A gente tem que premiar o produtor que está fazendo sua parte. Ele precisa ser reconhecido”, afirmou o ministro.

O uso de bioinsumos e a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) foram algumas das tecnologias mencionadas no encontro, já que permitem produzir de forma mais sustentável. Fávaro lembrou que o simples fato de o Brasil produzir de duas a três safras anuais na mesma área também é um indicativo de uma agricultura que busca conter impactos.

A intenção do Ministério da Agricultura e Pecuária é que todo o Plano Safra 2023/2024 seja focado no Programa ABC + (Agricultura de Baixo Carbono), uma iniciativa que valoriza práticas sustentáveis para a produção rural. A resolução que será preparada deve indicar também formas de comprovação das boas práticas agropecuárias. A Febraban sugeriu que o Mapa indique algumas diretrizes, mas que as instituições tenham autonomia para adotar formas de controle.

Fonte: MAPA

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna 197 - IAT conclui adequações na regulamentação da suinocultura
19/06/2024

Coluna Conexão Agro na UEL FM destaca a proposta de adequações na regulamentação da suinocultura no Paraná preparada pelo IAT e o novo Plano Safra, que será anunciado na próxima semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário