quarta-feira, 24 de abril de 2024

Oportunidades
Boas práticas de integridade levam sementeira mato-grossense a alcançar nova certificação do Mapa
27/03/2024
Em sua segunda conquista do Selo Mais Integridade, Girassol Agrícola atua em todo Cerrado
Por: Redação
Selo - conexão agro
Selo foi instituído com o objetivo de fomentar, reconhecer e premiar empresas e cooperativas do agronegócio
Divulgação

O agronegócio brasileiro está entre os mais reconhecidos em todo o mundo e desempenha hoje papel fundamental no contexto alimentar, econômico e ambiental. O segmento favorece o crescimento e o desenvolvimento sustentável de forma global e, parte desse sucesso, é protagonizado diretamente por empresas nacionais do setor. Entre elas, está a mato-grossense Girassol Agrícola, referência na produção de sementes, e que acaba de ser certificada, pela segunda vez, com o Selo Mais Integridade do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Em sua sexta edição (2023/24), o Selo foi instituído com o objetivo de fomentar, reconhecer e premiar empresas e cooperativas do agronegócio que, reconhecidamente, desenvolvam boas práticas de integridade, ética, responsabilidade social e sustentabilidade ambiental. A sementeira, por sua vez, já havia conquistado a categoria Selo Verde em 2022/23, que é a primeira versão da certificação, e nesta quinta-feira, 21, durante solenidade realizada no auditório da Apex Brasil, em Brasília (DF), recebeu o reconhecimento com o Selo Amarelo.

No total, 39 empresas e cooperativas se inscreveram nesta edição, de acordo com o Mapa, das quais 27 foram premiadas. As que receberam o Selo Amarelo pela primeira vez foram nove, apenas duas de Mato Grosso, entre elas a Girassol Agrícola. Outras 11 empresas receberam o Selo Verde e sete foram contempladas com a renovação da versão Amarela.

Programa de Integridade

Para obter as certificações, a Girassol Agrícola vem desde 2021 implementando ações, através de um robusto Programa de Integridade desenvolvido pela área de Compliance. Ainda naquele ano, elaborou seu Código de Ética e Conduta, políticas internas de Anticorrupção, Compliance, Conflito de Interesses, criou o Comitê de Integridade, implantou o Canal de Denúncias e passou a realizar treinamentos internos para fortalecer a cultura de integridade da empresa.

Além dessas iniciativas, a companhia teve aprovado o seu cadastro junto ao Agroíntegro, também vinculado ao Mapa, e assinou o Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção pelo Instituto Ethos, sendo considerada uma “Empresa Limpa”. A partir desta soma de práticas desenvolvidas durante dois anos, e que juntas cumpriram com todos os requisitos da portaria da certificação, foi possível receber a versão verde do Mais Integridade. E agora, com o reconhecimento da versão Amarela, a empresa reafirma que está no caminho certo.

Neusa Lopes da Costa, diretora executiva da Girassol Agrícola, destaca que ética e transparência estão entre os valores da companhia, advindos de seu fundador, o empresário Gilberto Flávio Goellner. “Entendo ser esse o nosso diferencial, pois já está no DNA da empresa, o que fizemos foi buscar a implantação do programa para perpetuar esses valores”, pontua a profissional.

Para tornar possível a migração do Selo Verde para o Amarelo, foram realizadas, entre outras atividades, diversas ações internas e treinamentos com os colaboradores de todas as unidades da Girassol, localizadas em Mato Grosso, Goiás e na Bahia. Janielly Lopes, Compliance Officer e responsável pelo Programa de Integridade, ressalta que os treinamentos agregam muito para o trabalho da cultura de integridade. “Como exemplo, o tema de corrupção, fraude e suborno traz as práticas que não são corretas e que a empresa não tolera, reforçando assim o comprometimento com a ética no ambiente de trabalho”, explica.

Outros benefícios importantes do Selo Mais Integridade às empresas reconhecidas, estão relacionados ao ganho de imagem e reputação empresarial. Com isso, melhora a atração e retenção de colaboradores que prezam pelos valores de ética e integridade, com menor probabilidade de ocorrência de corrupção, fraude e suborno.

Há ainda maior possibilidade de acesso à capital financeiro mais facilitado e com menos custo. E, para além da certificação, na Girassol não são aceitos negócios com outras empresas que não estejam em conformidade com questões ambientais, trabalhistas, entre outras. “Aplicamos due diligence (diligência devida) para analisar documentações, temos muito cuidado com isso”, revela a Compliance Officer.

Próximos passos

Após receber o reconhecimento do Selo Amarelo Mais Integridade, o compromisso da Girassol Agrícola é de mantê-lo, com a execução de todas as ações exigidas na próxima portaria que será publicada em breve. A proposta da empresa é também buscar outros reconhecimentos, como o Selo Pró-Ética, este instituído pela Corregedoria Geral da União (CGU), e que tem a mesma finalidade do Selo Mais Integridade.

Girassol Agrícola - Há mais de 40 anos no mercado, a Girassol Agrícola iniciou suas atividades em 1982 no Estado de Mato Grosso, na região da Serra da Petrovina. Consolidada como uma das melhores e mais produtivas empresas do agronegócio brasileiro, atualmente, as principais atividades do grupo se concentram na produção e comercialização de sementes de soja, milho, algodão e reflorestamento de eucalipto, utilizando alta tecnologia de produção e máquinas de última geração. São quatro unidades de produção em MT, nos municípios de Pedra Preta (Serra da Petrovina), Jaciara, Torixoréu e Aripuanã, além de duas unidades de produção terceirizadas nos estados de Goiás e Bahia.

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Leite - AEN - Conexão Agro
Coluna 189 - crise da bovinocultura leiteira e geleia de pitaya em feira do Canadá
17/04/2024

Governo do Estado e setor privado discutem soluções para a crise da bovinocultura leiteira diante da importação de países do Mercosul. Destaque também para a geleia de pitaya de produtores paranaenses que será apresentada em feira no Canadá.

 

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário