sábado, 18 de maio de 2024

Eventos
Expoingá recebe a Vitrine do Biogás e Biometano
13/05/2024
A vitrine permite que os visitantes conheçam o Sistema de Geração de Energia através da produção de biogás e biometano
Por: Redação
Vitrine agromuseu expoingá - conexao agro
Vitrine está localizada no Agromuseu – espaço do IDR-Paraná na exposição
Divulgação

O IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater), através do programa RenovaPR, em parceria com o Sistema Faep/Senar, Cibiogás, Itaipu Binacional e Sociedade Rural do Paraná leva a Vitrine do Biogás e do Biometano para Maringá, durante a Expoingá que acontece de 09 a 19 de maio. Já conhecido no Show Rural Coopavel e na ExpoLondrina, a Vitrine permite que os visitantes conheçam o Sistema de Geração de Energia através da produção de biogás e biometano e está localizada no Agromuseu – espaço do IDR-Paraná na exposição.

De acordo com Herlon Goelzer de Almeida, coordenador do RenovaPR a parceria com as instituições parceiras permitiu que a Vitirine fosse instalada em mais um importante evento agro do estado. “Desta forma conseguimos estimular o agricultor paranaense, as cooperativas, as agroindústrias da região a aproveitarem dejetos animas e resíduos agroindustriais para gerar riqueza. Seja como energia elétrica, energia térmica ou combustível -  pela filtragem do biogás - para utilização em veículos sistema para utilização do biometano, que é equivalente ao gás natural veicular. E uma possibilidade de o agricultor entender que pode transformar um passivo ambiental em energia”, afirma Herlon.

Assim como nas outras feiras os visitantes da Expoingá serão recebidos numa sala escura onde serão projetadas imagens acompanhadas de som e locução, com uma metodologia dinâmica em 3D. O vídeo apresentado terá duração de cinco minutos. Ele apresenta o uso de biodigestores para tratar dejetos animais e gerar energia em uma propriedade rural.

Nas imagens serão mostrados alguns modelos de biodigestores, as possibilidades de uso do biogás – energia térmica substituindo lenha, gerando energia elétrica ou transformado em biometano para uso na mobilidade veicular – e as vantagens de transformar os passivos ambientais em dinheiro. O estande, que estará localizado no ambiente de áreas do IDR-Paraná e funcionará durante os dez dias da feira.

O RenovaPR, criado pelo Governo do Paraná, completou dois anos em setembro do ano passado. Nesse período foram mais de 8,3 mil projetos desenvolvidos, que somaram R$ 1,36 bilhão em investimentos. Com isso, o Paraná tem se consolidado cada vez mais como um dos grandes produtores nacionais de energia a partir de fontes renováveis, principalmente com as placas solares, que já constituem uma nova paisagem no campo.

IDR-Paraná na feira - No espaço antes conhecido como Fazendinha e Agromuseu, o IDR-Paraná pretende mostrar o potencial da agroindústria na região de Maringá, dando ênfase às principais cadeias produtivas em que os profissionais do Instituto atuam. O Agromuseu ocupa nove mil metros quadrados do parque de exposições e deve receber 300 mil visitantes. Sua principal função é demonstrar aos visitantes e pequenos produtores como é possível obter bons resultados com atividades agropecuárias sustentáveis. Esse trabalho é o resultado da parceria do Instituto com a UEM (Universidade Estadual de Maringá), MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar), Prefeitura de Maringá, além de outros órgãos do Sistema Estadual de Agricultura, como Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) e Ceasa (Centrais de Abastecimento do Paraná).

Fonte: IDR-Paraná

 

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Rotação de cultura -Conexão Agro
Coluna 192 - Rotação de cultura
Rotação de cultura traz benefícios ambientais e econômicos, mas requer planejamento de médio e longo prazo. Confira reportagem na coluna “Conexão Agro” na UEL FM.

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário