quinta-feira, 13 de junho de 2024

Notícias

Paraná recebe duas equipes do Rally da Safra para avaliação das lavouras de soja

Tags: produtividade, rally safra, soja

Depois de mais de 21 mil quilômetros percorridos desde 9 de janeiro por 12 equipes, o Rally da Safra retorna ao Paraná para avaliar lavouras de soja. A partir de quarta-feira, dia 22, uma equipe irá percorrer as regiões Oeste, Centro-sul e Sudoeste do estado, passando por cidades como Cascavel, Guarapuava e Pato Branco. Já a partir do dia 28, a segunda equipe sairá de Londrina e iniciará os trabalhos nas cidades vizinhas a Campo Mourão, seguindo para Pitanga, Ponta Grossa e Guarapuava, onde encerrarão os trabalhos de campo no sábado, dia 4 de março.

A produtividade pré-Rally projetada para o Paraná é de 61,5 sacas por hectare. Segundo a Agroconsult, organizadora da expedição, o tempo nublado e chuvoso no estado alongou o ciclo das lavouras em até 15 dias. A produtividade foi mantida em bons níveis -com exceção da região do Beira Lago, no Oeste, região já avaliada nesta temporada pelos técnicos, onde os resultados frustraram os produtores.

O trabalho de campo dos técnicos nas próximas semanas será fundamental para produzir informações mais precisas sobre a produção. A maioria dos estados produtores de soja, já visitados pelo Rally, apresentam desempenho excelente, porém, isso não foi suficiente para cobrir as perdas causadas pelo clima no Rio Grande do Sul, onde a seca levou a uma queda de 5,2 milhões de toneladas nas estimativas de produção. Diante desse cenário, a Agroconsult revisou a safra brasileira para 153 milhões de toneladas, 400 mil toneladas abaixo das projeções iniciais. Ainda é um volume 18,4% acima da temporada 21/22, reforçando a perspectiva de uma grande safra.

“Na maior parte das regiões – principalmente no Centro-Oeste – as lavouras tiveram bom desenvolvimento em cenário de clima favorável. Nossos técnicos detectaram maior peso de grãos e aumento no número de grãos por hectare”, afirma André Debastiani, coordenador do Rally da Safra. A estimativa de produtividade média para a safra brasileira passou de 59,2 para 58,8 sacas por hectare.

No total, 27 equipes do Rally percorrerão cerca de 60 mil quilômetros visitando mais de 1.500 lavouras em 12 estados. A expedição técnica chega à 20ª edição, com mais de um milhão de quilômetros percorridos e 32 mil lavouras avaliadas nas 19 edições anteriores.

As equipes estarão em campo até o dia 04 de abril para avaliar lavouras de soja. Quatro equipes farão visitas técnicas aos produtores entre abril e maio. Outras seis percorrerão as lavouras de milho segunda safra em maio e junho. O levantamento ocorre durante a fase de desenvolvimento das lavouras e colheita e os técnicos percorrerão polos produtores em 12 estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Maranhão, Piauí e Tocantins, que respondem por 95% da área de produção de soja e 72% da área de milho.

Nesta edição, o Rally estará presente nos principais eventos do agronegócio: ExpoDireto, em Não-Me-Toque (RS); Show Safra, em Lucas do Rio Verde (MT), e Tecnoshow Comigo, em Rio Verde (GO). Técnicos visitaram, neste mês, a Show Rural, em Cascavel (PR). Patrocinam a 20ª edição do Rally da Safra: FMC, Prometeon, OCP Brasil, Santander e SoyTech.

O trabalho das equipes e o roteiro completo da expedição poderão ser acompanhados pelo http://bit.ly/RallyRedesSociais

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna Conexão Agro Rádio UEL Sucessão Familiar - Conexão Agro
196 - Planejamento sucessório pode evitar disputas por herança
12/06/2024

Planejamento sucessório é estratégia crucial para prevenir disputas relacionadas à herança de propriedades rurais. Confira na Coluna Conexão Agro desta semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário