domingo, 16 de junho de 2024

Grãos

Parceria integra software e hardware gerando automação e segurança ao agronegócio

Tags: automação, classificador de grãos, parceria, segurança

A qualidade dos alimentos é sempre um desafio no agronegócio e precisa ser garantida desde o começo da cadeia produtiva até a mesa do consumidor. Para se ter êxito nessa jornada, empresas e gestores do setor precisam investir no processo de classificação destes alimentos, como é o caso dos grãos de arroz. Dessa forma, é possível garantir uma precificação correta ao produtor, bem como um destino adequado para a esteira produtiva. No entanto, este método ainda exige que as análises e laudos gerados pelos equipamentos sejam lançados manualmente em sistemas ERP, sob risco de possíveis erros ou até mesmo fraudes, causando prejuízos e informações inadequadas para o processo como um todo.

Preocupadas com a automação desta jornada, assim como a criação de soluções agro, sejam elas softwares ou hardwares, a Senior Sistemas, referência em tecnologia para gestão, e a Selgron, especialista na fabricação de equipamentos para o agronegócio e indústria, se uniram em parceria para o desenvolvimento de uma nova comunicação entre o hardware especialista em análises, CS-Rice, e o sistema ERP da companhia.

“Na prática, o CS-Rice, classificador scanner 3D, recebe uma amostra de grãos de arroz e gera uma imagem em 360º de cada um destes grãos, possibilitando a análise detalhada em sua circunferência total. Depois dessa avaliação, o classificador permite identificar a classificação dos grãos por formato, avaliando a largura comprimento e espessura, se estão inteiros, quebrados e manchados, reconhecendo se a superfície possui defeitos e manchas”, explica Rubens Schneider, Gerente Comercial na Selgron.

A avaliação do classificador CS-Rice pode ser aplicada em dois momentos na solução ERP. O primeiro deles, se dá ainda no recebimento da carga vinda do produtor, onde alimenta-se automaticamente o módulo de suprimentos dentro do processo de originação do grão. “Neste momento, é realizada a classificação do grão, pois o produto vem diretamente da lavoura para indústria. Depois de analisado, as informações são encaminhadas para o ERP nas tabelas de classificação da carga, automatizando processos manuais e possibilitando, conforme o resultado, efetuar a entrada do produto correto ou realizar os descontos relativo ao percentual de defeitos identificados na amostra”, detalha Graciele Lima, Head de Produto para Agronegócio na Senior Sistemas.

“O segundo deles, já na etapa produtiva, é dentro do módulo de qualidade, a fim de garantir as normas da ISO na jornada de inspeção, onde são verificados se os percentuais resultantes da amostra estão dentro da qualidade esperada, para então aprovar ou reprovar a carga da ordem de produção”, esclarece Graciele.
Grupo de pessoas em pé lado a lado

Descrição gerada automaticamente

Senior visita a Selgron: duas empresas com um único propósito – automação, segurança e informação para o Agronegócio.
Buscando, cada vez mais, agregar valor aos seus clientes, a Senior disponibiliza à todos os clientes do seu ERP que utilizam as jornadas de recebimento e beneficiamento de grãos, o acesso a nova solução CS-Rice, da Selgron, que dispõe de APIs que se comunicam entre si. Assim como aos clientes que optarem pelas soluções terão as integrações disponíveis, promovendo automação e segurança a sua operação.

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna Conexão Agro Rádio UEL Sucessão Familiar - Conexão Agro
196 - Planejamento sucessório pode evitar disputas por herança
12/06/2024

Planejamento sucessório é estratégia crucial para prevenir disputas relacionadas à herança de propriedades rurais. Confira na Coluna Conexão Agro desta semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário