domingo, 16 de junho de 2024

Notícias

Pavilhão de suínos será atração para as crianças na ExpoLondrina

Tags: agricultura familiar, agroindustria, exportações

Os porquinhos estarão de volta este ano na Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina para a alegria das crianças. Quem será a responsável pelo Pavilhão Henrique Pedro Nesello, dedicado à suinocultura, é a médica veterinária Pauline Guidoni Verburg, da Granja Peru Suínos. A ExpoLondrina acontece de 6 a 16 de abril, no Parque Governador Ney Braga, e é realizada pela Sociedade Rural do Paraná.

“Teremos de 30 a 35 baias com animais, trazendo na baia principal a fêmea e seus leitõezinhos, cerca de 10 a 12 leitõezinhos”, antecipa Pauline. Os filhotes sempre atraem o público e levam sorriso ao rosto da criançada, um dos pontos de destaque no passeio em família pelo parque.

A médica veterinária Pauline Guidoni Verburg, da Granja Peru Suínos afirma que o setor de suínos ainda tem desafios a serem vencidos

Dentre as raças que estarão nas baias e poderão ser observadas pelos visitantes da ExpoLondrina estão Landrace, Large White, Duroc, Pietrain e híbridos, que são os cruzamentos entre essas raças. Na parte superior do pavilhão haverá venda de produtos relacionados à suinocultura, como torresmo, pururuca, banha e embutidos.

Dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) indicam que em 2022 o Brasil produziu 4,9 milhões de carne suína, crescimento de 6,5% na produção em comparação a 2021. A área da suinocultura é forte no Paraná, ajudando a movimentar a economia. “Nosso estado é o segundo maior produtor da carne suína do Brasil, somos livres de febre aftosa sem vacinação, o que é uma vantagem muito grande para o Paraná. Temos espaço para crescer ainda mais na suinocultura”, destaca Pauline.

A médica veterinária pondera, entretanto, que há dificuldades a serem vencidas. “Tivemos uma crise difícil, muitos produtores independentes fecharam na região porque os insumos estão muito caros, a soja e o milho subiram e a carne suína, quando comercializada, ela baixa de valor, então isso é complicado. O custo do suíno, entre 70 a 80%, está na nutrição, então se isso sobe, a nossa cadeia de produção também sobe demais. Se o quilo do suíno acompanhasse os insumos seria muito bom”, salienta.

A Granja Peru fica em Arapongas e é uma Granja de Reprodutores Suídeos Certificada (GRSC). Ela tem um plantel com animais geneticamente diferenciados que são reprodutores suínos para multiplicação animal, vendendo estes animais para reprodução no Brasil todo. Uma mostra destes animais estará presente na ExpoLondrina.

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna Conexão Agro Rádio UEL Sucessão Familiar - Conexão Agro
196 - Planejamento sucessório pode evitar disputas por herança
12/06/2024

Planejamento sucessório é estratégia crucial para prevenir disputas relacionadas à herança de propriedades rurais. Confira na Coluna Conexão Agro desta semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário