sexta-feira, 14 de junho de 2024

Fruticultura

Produção de abacate cresce com força no Brasil, aponta Cepea

Tags: abacate, frutas, produção

Na última década, o abacate tem se destacado no setor mundial de frutas. A FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) projeta que o abacate se torne a fruta tropical mais comercializada até 2030, com as exportações globais superando as quatro milhões de toneladas, acima das vendas externas de manga e de abacaxi, atrás apenas da banana.

Atenta a este contexto, na matéria de capa deste mês, a Equipe da revista Hortifruti Brasil traz um material completo sobre a cultura do abacate, evidenciando quais são os desafios para quem quer investir ou expandir a produção da fruta e as oportunidades desse mercado.

No Brasil, a produção de abacate vem crescendo com força nos últimos anos, levando o País a ocupar o sétimo lugar no ranking mundial. A participação do Brasil nas exportações globais da fruta, contudo, ainda é muito baixa – o País é apenas o 20º maior exportador mundial. E estimativas indicam que apenas 3% da produção brasileira é exportada. Já os principais concorrentes do Brasil (México, Colômbia, Chile e África do Sul) exportam mais de 50% do que produzem.

Para conquistar cada vez mais o mercado internacional, Lígia Carvalho, diretora-presidente da Abacates do Brasil e presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, ressalta que é preciso “correr atrás de estrutura de comercialização, como packing houses de alto nível de adequação à exigência dos países destinos”. Além, disso, os desafios ao setor brasileiro estão relacionados à abertura de novos mercados (algumas já estão em andamento) e à forte concorrência, principalmente com o Peru, Colômbia e África do Sul, que produzem na mesma janela que o Brasil.

Com um cenário bastante promissor, é preciso ficar de olho no abacate como uma oportunidade de negócio. A saudabilidade e a versatilidade do abacate – as opções de usos são diversas, tanto na culinária quanto em cosméticos e até produtos terapêuticos – são fatores que favorecem o crescimento da demanda pela fruta. E a boa procura vem tornando a rentabilidade mais atrativa, incentivando investimentos neste setor.

Fonte: Cepea

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna Conexão Agro Rádio UEL Sucessão Familiar - Conexão Agro
196 - Planejamento sucessório pode evitar disputas por herança
12/06/2024

Planejamento sucessório é estratégia crucial para prevenir disputas relacionadas à herança de propriedades rurais. Confira na Coluna Conexão Agro desta semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário