quarta-feira, 19 de junho de 2024

Empresa

Selo Mais Integridade do Mapa é concedido a mais 11 novas agroempresas

Tags: agroempresas, compliance, Selo Mais Integridade

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) promoveu na última terça-feira (14) no Auditório da Apex-Brasil, em Brasília (DF), a cerimônia de premiação do Selo Mais Integridade. O Comitê Gestor do Selo concedeu a “versão verde” – primeira concessão – para 11 empresas e cooperativas estreantes na premiação e 16 alcançaram a renovação do certificado, representadas pelo Selo Amarelo.

Uma das líderes no segmento lácteos, a Piracanjuba, empresa assessorada pelo Martinelli Advogados, conquistou o Selo Mais Integridade, que tem o objetivo reconhecer empresas e cooperativas do setor que desenvolvam práticas de integridade, ética, responsabilidade social e sustentabilidade, por meio da adoção de políticas de governança e gestão capazes de evitar desvios de conduta e mitigar práticas de fraude, suborno e corrupção (integridade).

Ao todo, duas empresas, a Piracanjuba e a Sinagro, uma das maiores plataformas de distribuição de insumos do Brasil, focada na agricultura e na pecuária, que contaram com o apoio técnico da equipe de compliance do Martinelli, receberam o Selo nesta edição. “O intuito de premiar organizações que respeitam às pessoas e ao meio ambiente marca um movimento de melhoria na imagem e na postura das empresas do agro em alcançar a sustentabilidade. Falar sobre isso não é mais o suficiente, pois o mercado exige ações concretas”, explica Vanessa Lima Nascimento, advogada especialista em compliance do Martinelli.

Vanessa destaca que, por meio de um programa de compliance, que nada mais é do que um conjunto de políticas e procedimentos internos que uma companhia estabelece para garantir o cumprimento, a normas legais e regulamentares, políticas e diretrizes estabelecidas, o agronegócio começa a elevar sua reputação perante mercados mais exigentes. Com isso, assegura ela, o agro pode ganhar novos players no mercado internacional.

Para Vanessa, a premiação, que iniciou em 2018, vem se consolidando e ajuda a disseminar as boas práticas de integridade e sustentabilidade no agronegócio. Durante o evento, o Mapa também lançou a próxima edição do Selo Mais Integridade (2023/2024). A partir do dia 02 de junho de 2023, empresas do setor devem seguir a Portaria Mapa n. 542/2022 para se inscrever.

Combate à corrupção

Em busca de um mercado mais transparente, Vanessa explica que a implementação de um programa de compliance vai além da conquista de certificados, premiações e selos, pois a estrutura criada a partir de tal implementação visa proteger a imagem e a reputação das organizações, dar transparência e promover a sustentabilidade dos negócios, bem como evitar fraudes e atos corruptivos.

A advogada, que já assessorou várias organizações do agronegócio na busca do Selo, completa que as contempladas têm benefícios diretos e indiretos. “De acordo com as organizações que assessoramos, a imagem de integridade e a existência de práticas sustentáveis atestada pelo Selo facilita também a concessão de oportunidades financeiras por meio de investidores, bancos e outras instituições financeiras”, detalha Vanessa.

O trabalho desenvolvido pelo Martinelli em relação ao Selo Mais Integridade iniciou em 2018. Das quase 30 empresas já contempladas com o Selo Agro Mais Integridade primeira edição, 8 já foram assessoradas pelo Martinelli Advogados.

Sobre o Martinelli

Com mais de 800 colaboradores, o Martinelli Advogados marca a sua presença em vários dos principais polos de produção do agronegócio brasileiro, como Maringá (PR), Cascavel (PR), Passo Fundo (RS) e Chapecó (SC), além do interior de São Paulo, Goiás e Mato Grosso, ofertando serviços personalizados voltados para empresas e organizações do setor e alcançando todo o território nacional por meio de suas 16 unidades. A grande experiência no atendimento a grandes cooperativas fez do escritório a primeira instituição não cooperativa do Brasil a receber o selo SomosCoop. Seu modelo de trabalho aplica o “Jeito Martinelli”, com atendimento personalizado, que entende com profundidade as necessidades do cliente e propõe soluções jurídicas e empresariais alinhadas com a estratégia do negócio. Saiba mais em martinelli.adv.br.

 

 

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna 197 - IAT conclui adequações na regulamentação da suinocultura
19/06/2024

Coluna Conexão Agro na UEL FM destaca a proposta de adequações na regulamentação da suinocultura no Paraná preparada pelo IAT e o novo Plano Safra, que será anunciado na próxima semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário