quarta-feira, 19 de junho de 2024

Agronegócio

Sicredi bate recorde e libera R$ 17,6 bi para custeio nos primeiros três meses da safra 22/23

Tags: BNDES, cooperativa, Cooperativismo, custeio

Volume é 31% superior ao registrado na safra passada. No Paraná, onde a instituição financeira cooperativa tem mais de 400 agências, também foram registradas a liderança de repasses via BNDES e a vice-liderança na liberação para custeio
Com raízes no campo e longa parceria com o produtor rural, o Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 6 milhões de associados em todo o país, liberou, entre julho e setembro, mais de R$ 17,6 bilhões para contratação de crédito rural para custeio e investimento agropecuário. O volume é 31% superior ao registrado no mesmo período da safra passada. Se considerar apenas os produtores rurais associados nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, a instituição já liberou mais de R$ 4,3 bilhões para custeio na safra 2022/2023, superando em 37,9% os volumes liberados no mesmo período da safra anterior.
Segundo o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias, o alto custo das lavouras aliado aos diferenciais do cooperativismo de crédito ajudam a explicar o crescimento dos financiamentos para custeio no período. “O preço mais alto dos insumos reflete diretamente na necessidade do produtor rural por mais recursos. O Sicredi mantém uma longa parceria com o produtor rural e esse relacionamento possibilita a consultoria e o crédito responsável adequado às necessidades dos produtores associados visando o fomento ao desenvolvimento do campo. Acreditamos que, ao impulsionar o fortalecimento das áreas rurais, também contribuímos para o crescimento econômico regional”, comenta.
O total de recurso liberado pelo Sicredi durante a safra 2022/2023 mantém a instituição financeira cooperativa como a segunda maior financiadora do setor agro nacional, posição que o Sicredi também alcançou no ranking mais recente da Febraban.
Histórico de crescimento nas últimas safras
O Sicredi liberou R$ 37,3 bilhões em crédito rural durante o Plano Safra 2021/2022. O volume recorde registrado foi 26% superior ao verificado no ciclo anterior. Somente para a agricultura familiar, foram liberados mais R$ 7,5 bilhões para os produtores associados. Nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, o valor liberado para o Plano Safra 2021/2022 foi de R$ 9,8 bilhões (alta de 18%), em mais de 7,6 mil operações.
Parceria com produtor rural
Na região de Maringá, no interior do Paraná, o produtor rural Cleber Veroneze Filho conhece bem a parceria da instituição financeira cooperativa com o campo. “Tudo que precisei de linha de crédito, o Sicredi conseguiu suprir. Hoje, dentro do Sicredi, tenho consórcio, seguro de máquinas e financiamento agrícola tanto de longo quanto de curto prazo. A cooperativa consegue entender a nossa necessidade e, dessa forma, ofertar todos os tipos de produtos que precisamos”, afirma o produtor, que complementa: “Nós somos os donos da cooperativa, nós participamos e o que produzimos acaba ficando no nosso negócio e na nossa comunidade. Isso gera renda, riqueza e emprego no entorno da cooperativa”, finaliza.
 

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna 197 - IAT conclui adequações na regulamentação da suinocultura
19/06/2024

Coluna Conexão Agro na UEL FM destaca a proposta de adequações na regulamentação da suinocultura no Paraná preparada pelo IAT e o novo Plano Safra, que será anunciado na próxima semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário