sexta-feira, 14 de junho de 2024

Destaques

Sicredi Dexis antecipa custeio de inverno 2023 para a compra de insumos

plantação de milho
Tags: crédito, custeio, safra de inverno, sicredi dexis

Conhecendo o grande potencial da agricultura e a importância de oferecer crédito antecipado aos seus associados para a compra de insumos, a Sicredi Dexis iniciou a comercialização de custeio da safra de inverno 2023 – A expectativa é que haja uma demanda de recursos no montante de R$ 150 milhões, volume 58% maior do que o disponibilizado na safra anterior, quando foram liberados R$ 94 milhões.

Os produtores rurais associados à instituição cooperativa de crédito poderão solicitar, a partir de agora, o crédito em uma das 112 unidades da Sicredi Dexis para financiamento de despesas com insumos, como defensivos, sementes e fertilizantes. Esse é o principal objetivo da cooperativa, apoiar o produtor rural neste momento de planejamento de safra.

O gerente de Desenvolvimento Agro da Sicredi Dexis, Vitor Pasquini, anuncia que os recursos estão à disposição do pequeno, médio e grande produtor. “A liberação do recurso agora oportuniza melhores condições de negociação”, enfatiza Pasquini.

O crédito para o produtor rural é a especialidade da instituição cooperativa desde quando foi criada há 37 anos. A antecipação do crédito é uma maneira de reconhecer o trabalho dos cooperados, frente aos números crescentes de produção de grãos que o País vem registrando nos últimos anos.

Hoje atendemos 20 mil produtores associados entre as agências do Paraná e São Paulo e nossa carteira de crédito rural (investimentos e custeios) chega a R$ 2,5 bilhões”, afirma o gerente Vitor Pasquini.

A composição da carteira de associados está dividida da seguinte forma: 69% de pronafianos, ou seja, produtores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, 21% médio produtores e 5% grandes produtores. “Atendemos nas três modalidades, mas a grande parte dos nossos associados é de pequenos produtores”.

Gerente de Desenvolvimento Agro, Vitor Pasquini

Em todas as nossas agências temos especialistas no agronegócio, então basta que o produtor procure uma delas para fazer a contratação da operação”, explica Pasquini, lembrando que quanto mais cedo buscar o crédito, mais chances o produtor tem de negociar descontos. “Se deixar para a última hora vai pagar mais caro. Com o dinheiro na mão, o produtor consegue negociar”, analisa.

Como sistema cooperativo, Vitor Pasquini observa que o papel da cooperativa é levar soluções para contribuir com a melhoria da qualidade de vida no campo e fazer com que o crédito chegue ao pequeno produtor. “Nem sempre instituições financeiras olham para este público que nós atendemos. Este é o grande diferencial do cooperativismo que cresce anualmente”, acrescenta Pasquini.

Um dos fatores que justificam esse crescimento é a ligação com o setor agropecuário. Relatório de Economia Bancária do Banco Central (BC) apontou que o volume de dinheiro emprestado pelas cooperativas de crédito em relação às outras instituições financeiras cresceu de 2,74% do total do Sistema Financeiro Nacional passando para 5,1% no período de 2016 a 2020.

Além das culturas de inverno, a Sicredi Dexis disponibiliza outras linhas de financiamento. “Para saber mais sobre limites de financiamento e características de contratação de cada enquadramento, formas de pagamento, o produtor pode se dirigir a uma de nossas agências”, afirma Vitor.

Banner Conexão Agro Anúncio 728x90

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Podcast

Coluna Podcast

Coluna Conexão Agro Rádio UEL Sucessão Familiar - Conexão Agro
196 - Planejamento sucessório pode evitar disputas por herança
12/06/2024

Planejamento sucessório é estratégia crucial para prevenir disputas relacionadas à herança de propriedades rurais. Confira na Coluna Conexão Agro desta semana

Cotações

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

News Letter

Calendário

Calendário